Universidade Europeia com curso para facilitar turismo inclusivo

Com a duração de sete semanas, a Escola de Turismo e Hospitalidade da Universidade Europeia acaba de lançar o curso de iniciação à Língua Gestual Portuguesa, com vista a preparar os seus estudantes para facilitar, nomeadamente, o turismo inclusivo.

O curso é ministrado por professores qualificados com necessidades especiais de audição, o que torna o ensino desta linguagem ainda mais próximo da realidade.

A iniciativa da Escola de Turismo e Hospitalidade da Universidade Europeia, que se insere no âmbito da política de responsabilidade social da Laureate International Universities que em Portugal detém a Universidade Europeia e o IPAM, vai ao encontro dos objectivos do turismo inclusivo que visa promover a igualdade de oportunidades na fruição de espaços e experiências turísticas e, no caso específico dos surdos-mudos, pressupõe que os profissionais de turismo dominem a linguagem gestual de forma garantir a eficácia da comunicação e o pleno usufruto da experiencia turística por parte desta população com necessidades especiais.