Vendas da By Travel cresceram 30% em 2017

As vendas do grupo de viagens By Travel aumentaram 30% o ano passado, face a 2016, crescimento que foi transversal em todas as suas lojas. As perspectivas para 2018 são de continuidade do aumento da facturação, tendo em conta o volume de vendas que se registou nos primeiros dois meses deste ano.

Em declarações ao turisver.com, Pedro Leal, um dos cinco proprietários da marca, que fazia o balanço da primeira Convenção By Travel, que decorreu no último fim-de-semana no Montebelo Aguieira Lake Resort & Spa, classificou o crescimento verificado o ano passado de “excelente”, tendo em conta que entraram para a rede três novas lojas nos últimos quatro meses de 2017 que, estando a dar os primeiros passos, praticamente não contaram para os resultados.

Pedro Leal revelou que os destinos mais vendidos pela rede em 2017 foram as Caraíbas, em termos de volume de negócios, e Portugal Continental e Ilhas, no que diz respeito ao número de processos. Avançou ainda que o produto cruzeiros subiu, bem como os circuitos, e a Alemanha nos city breaks, tendo-se, no entanto, verificado quebras em relação ao destino Brasil.

Segundo Pedro Leal “todos os que connosco privaram na 1ª Convenção By Travel são unânimes na afirmação ‘foi fantástico´”, com o dia de trabalho “extremamente intenso e produtivo”.

A convenção contou com a participação de representantes das 21 lojas By Travel espalhadas por todo o país, bem como com a presença de 24 operadores turísticos presentes no mercado português. “Embora algumas tivessem feito questão de estar presentes, nesta primeira convenção não endereçámos convites às companhias aéreas, o que demonstra que apesar de sermos um grupo pequeno, já vêem em nós capacidade e interesse comercial”, disse o responsável.

Análise de vendas 2017 e apresentação contratual para 2018, a participação na BTL (no stand da APAVT/Travelport) e nas Feiras das Viagens, tendências do mercado e utilização das plataformas de reserva, foram algumas das questões analisadas. Houve também uma sessão de esclarecimentos sobre o novo regulamento de protecção de dados e a nova directiva comunitária para as viagens organizadas.

Durante a convenção analisaram-se ainda assuntos que têm a ver com o programa de gestão utilizado no grupo By Travel (SIGAV), imagem de marca e benefícios na sua unificação e comunicação, os produtos das plataformas de seguros de viagem, técnicas de venda e produtividade.

Houve ainda tempo para um workshop com os diferentes parceiros de negócio que apoiaram e quiseram mostrar os seus produtos, bem como estabelecer contactos mais directos com os profissionais da By Travel.

A By Travel que se iniciou com sete agências de viagens triplicou o número de lojas em cerca de três anos e meio. Embora não seja uma rede de franchising, exige um contrato de utilização da marca e dois ou três pontos que visam uni-la, tanto no interior como no exterior da loja, além do que todas as vendas contribuem para o mesmo “bolo”.