VI Convenção HotelShop foi a maior e mais completa de sempre

Com um número de participantes que “seguramente ultrapassou os 400” e com um “painel muito diversificado de intervenientes”, a VI Convenção da HotelShop+SocialShop, realizada terça-feira, 26 de Novembro, em Lisboa, foi, como assegurou ao Turisver.com Miguel Paredes Alves, presidente do Conselho de Administração da entidade, “a maior e a mais completa de sempre”.

As contas da VI Convenção HotelShop+SocialShop ainda não estão fechadas mas o evento, que como é habitual a todos os anos ímpares se realizou em Lisboa, desta feita no Altis Grand Hotel, “seguramente ultrapassou os 400 participantes”, o que significa que quase todas as pessoas que se inscreveram estiveram, de facto, presentes. Tratou-se, assim, segundo avançou ao Turisver.com o presidente do Conselho de Administração da HotelShop+Shop, da “nossa maior convenção de sempre”.

Para o nível de assistência conseguido terá contribuído a riqueza do programa que Miguel Paredes Alves classificou como “o mais completo de sempre” pela grande diversificação de temas que abordou sob o “chapéu” temático da “Gestão de Compras”.

Muito focalizado na optimização de compras e gestão de custos para a hotelaria, turismo e economia social, esta sexta Convenção juntou um leque de oradores com um background muito diversificado que deu uma “animação” especial aos trabalhos, com cada uma das sessões a abordar temáticas bem diversas entre si, algumas até parecendo mais inesperadas como a intervenção “A vida é dura!” de Johnson Semedo, ou até mesmo da intervenção do jornalista e comentador do “Governo Sombra” João Miguel Tavares que ali foi dar a sua perspectiva sobre o papel do Estado na Economia e na Sociedade.

Ainda na área das intervenções mais “out of the box”, poderemos também citar a que foi proferida por Fernando Gonçalves, da Associação Portuguesa de Aquacultura que falou sobre factos e mitos, desmistificando a tese de que os alimentos provenientes da aquacultura têm menos qualidade.

Preocupação que está hoje na ordem do dia, a sustentabilidade, marcou também presença. Dela falou Mariana Teixeira, da Impacthouse, que abordou a questão da sustentabilidade nos hostels e no alojamento local. Mas foi também a sustentabilidade que esteve em cima da mesa quando o Chef Nuno Queiroz Ribeiro falou sobre “food evolution”, abordando a forma como a evolução alimentar poderá contribuir para minimizar os custos ambientais da nossa alimentação.

Mais técnicos foram os painéis onde se abordaram temáticas como a gestão de compras no sentido da sua optimização, do controlo de custos, de técnicas de negociação (João Alves, HotelShop) e processos de encomendas (Ricardo Gonçalves, HotelShop).

“Gerir custos em hotelaria” foi o tema do “painel dos hoteleiros”, como diz Miguel Paredes Alves. Uma mesa redonda em que participaram Pedro Fernandez, Pestana Hotels & Resorts; Paulo Duarte , Memmo Hotels e Diogo Laranjo, Hotéis Heritage. Em cima da mesa estiveram os custos como um todo, incluindo os relacionados com os recursos humanos e com o outsourcing.

Contando actualmente com 530 associados, a HotelShop+SocialShop teve em 2019 o seu “melhor ano de sempre”, afirmou Miguel Paredes Alves que, em declarações ao Turisver.com afirmou que “crescemos em todos os indicadores ou seja, em número de associados, de operadores e unidades e também em volume de compras”. Trata-se, explicou, de “um crescimento sustentado desde 2007” e que este ano deverá “rondar os 10%” no que toca ao volume de compras”. Mesmo assim, garante, “ainda temos um enorme potencial de crescimento”.