Viana do Castelo candidata Festa da Agonia a classificação de interesse turístico

A Câmara Municipal de Viana do Castelo entregou segunda-feira, 29 de Abril, a candidatura das Festas de Nossa Senhora da Agonia à Declaração de Interesse para o Turismo, uma classificação que poderá ser atribuída à romaria antes de Agosto, mês em que a festa volta às ruas de Viana do Castelo. A candidatura das Festas de Nossa Senhora da Agonia foi entregue à Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, que a deverá agora remeter para a Secretaria de Estado do Turismo e ao Turismo de Portugal. Com esta candidatura, a autarquia pretende garantir a autenticidade do evento e aumentar a sua promoção internacional, devendo a decisão ser conhecida num prazo de 40 dias, a tempo da próxima edição da romaria, que este ano decorre entre 16 e 20 de Agosto, tendo o Mar como tema. O processo de candidatura foi elaborado por Francisco Sampaio, que durante mais de duas décadas liderou a extinta Região de Turismo do Alto Minho (RTAM) e que é considerado um especialista nas festas, que considera ?únicas? e um importante evento para ?valorizar o turismo religioso como uma aposta turística local?, disse o responsável na apresentação da candidatura, citado pelo jornal Público. A candidatura envolveu um profundo processo de investigação, que está agora compilada nas 60 páginas e mais de 60 mil caracteres que compõem a candidatura das Festas de Nossa Senhora da Agonia à Declaração de Interesse para o Turismo. As Festas de Nossa Senhora da Agonia são uma das mais antigas e importantes romarias religiosas realizadas no país, cujas primeiras referências datam do século XV e uma das que maior número de visitantes atrai, recebendo cerca de 750 mil pessoas durante os dias do evento. I.M.