Vila Galé abre 3 novos hotéis em 2020 e ruma aos Açores

Aberturas são três, duas em Portugal e uma no Brasil, na primeira metade do ano. Projectos em carteira são vários, a maioria em Portugal, mas o destaque vai para os Açores, onde a Vila Galé deverá estrear-se em 2021 com uma unidade no centro de Ponta Delgada, anunciou esta segunda-feira o presidente do Grupo, Jorge Rebelo de Almeida, num encontro com a imprensa.

O mês de Março vai ver nascer dois novos hotéis do Grupo Vila Galé em Portugal. O primeiro a abrir portas, logo no dia 13, será o Vila Galé Collection Alter Real – Resort equestre, Conference & Spa, que tem já inauguração marcada para 4 de Abril. Segundo hotel a abrir pelo grupo no âmbito do programa Revive, o VG Alter Real, na Coudelaria de Alter do Chão, vai ter 77 quartos, 3 piscinas exteriores, Spa Satsanga, restaurante, bar, enoteca, biblioteca, salas de reuniões e salão de eventos. Contará ainda com um museu do cavalo, lagar e falcoaria.

A 27 de Março abrirá portas o Vila Galé Serra da Estrela, em Manteigas, que será provavelmente inaugurado a 26 de Abril e que Jorge Rebelo de Almeida acredita que “vai ser um êxito”. Primeiro hotel de montanha do grupo, vai oferecer 91 quartos, piscina exterior, restaurante, bar, Spa Satsanga, entre outras valências e terá como temática os mitos, lendas, costumes e tradições da região serrana.

Nas palavras do presidente da Vila Galé, a abertura destas novas unidades representa o reforço da aposta do Grupo no interior do país porque, embora sabendo que “abrir unidades no interior é mais sofrido e mais trabalhoso, temos consciência que o interior precisa de investimento e de novos projectos”, e acrescenta mesmo que “muito do futuro de Portugal e do seu desenvolvimento passa pela “revitalização do interior”.

Ainda em Portugal, sensivelmente a meio deste ano “vamos poder chamar hotel ao Vila Galé Douro Vineyards”, disse Jorge rebelo de Almeida, anunciando que naquela altura ficará completa a ampliação desta unidade que passa dos actuais 7 para 49 quartos.

Já no Brasil, o mês de Junho ficará marcado pela abertura do Vila Galé Paulista, em São Paulo. Localizado junto à Avenida Paulista, o hotel vai contar com 108 quartos,   restaurante Massa Fina, cafetaria Vila Galé Café e clube de saúde com ginásio, sauna, sala de massagens e piscina exterior.

Projectos em carteira são vários, principalmente em Portugal, onde o grande destaque vai para a estreia da Vila Galé nos Açores. A unidade, que resultará da reabilitação e conversão do edifício da Misericórdia na Praça de São Francisco, em Ponta Delgada, na ilha de S. Miguel. Aquela que será a primeira unidade do Grupo em terras açorianas, tem por base uma parceria com a Santa Casa da Misericórdia. Se as necessárias aprovações correrem céleres, o Grupo estará em condições de iniciar obras este ano, para abrir o hotel, que terá 100 quartos, em 2021.

O Grupo tem também projectos para desenvolver dois novos hotéis em Beja, um só para adultos, outro vocacionado para as crianças. Projecto também já anunciado é o das Casas de Elvas by Vila Galé, um “modelo de alojamento completamente diferente”, sublinhou Jorge Rebelo de Almeida.

No que toca ao Brasil, o Grupo espera iniciar, no segundo semestre deste ano, as obras do resort Vila Galé Alagoas que vai contar com 514 quartos, além do já anunciado hotel que resultará da recuperação do Palácio Rio Branco, em Salvador da Bahia.