Vila Real de Santo António lidera a presidência da Eurocidade do Guadiana

O município de Vila Real de Santo António assumiu, esta quarta-feira, a presidência da Eurocidade do Guadiana no próximo biénio (2018-2019), um instrumento de cooperação internacional constituído pelas localidades transfronteiriças de Ayamonte, Castro Marim e Vila Real de Santo António.

A cerimónia, que coincidiu com a Assembleia Geral da Eurocidade, contou com a presença de Conceição Cabrita, presidente da Câmara Municipal de VRSA, Francisco Amaral, presidente da Câmara Municipal de Castro Marim e Alberto Fernandez Rodriguez, alcalde de Ayamonte.

Durante a assembleia foi apresentado o plano de trabalhos da Eurocidade para os próximos meses, em concreto nas áreas do turismo, colaboração e planeamento estratégico, formalizando o objectivo de transformar a Eurocidade do Guadiana no novo destino turístico da Península Ibérica, valorizando os activos naturais e os recursos de cada país.

Para Conceição Cabrita “sermos reconhecidos como agrupamento Europeu de Cooperação Territorial […] torna mais fácil a cooperação transfronteiriça entre as três autarquias”, para continuar que “com esta aposta nasce uma nova marca turística que ultrapassa as margens do Guadiana e valoriza os equipamentos existentes nas fronteiras do Algarve e da Andaluzia”.

Apesar do município de VRSA assumir a presidência da Eurocidade, a sede administrativa do organismo ficará localizada em Ayamonte, assinalando a visão do território como um todo. Este projecto, criado em 2013, vai além da cooperação institucional e pretende o fortalecimento na ligação já existente entre os municípios, possuindo já personalidade jurídica.