Vinho e Turismo/Património em debate no Festival do Vinho do Douro Superior

O colóquio, subordinado ao tema “O Douro sustentável: Vinho e Turismo/Património” está marcado para a manhã de dia 31, no auditório do ExpoCôa – Pavilhão de Exposições e Feiras de Vila Nova de Foz Côa, realizando-se no âmbito do Festival do Vinho do Douro Superior. Dirigido a profissionais do sector, o colóquio visa a partilha de experiências e conhecimentos bem como a reflexão sobre a sustentabilidade do Douro e a relação entre a área do vinho e o binómio turismo/património. “A Arquitectura Vinhateira do Vale: Terraços, Patamares e sua Sustentabilidade” será a primeiro tema em análise, logo após a abertura, marcada para as 09h30, e sobre ele falará António Magalhães (Fladgate Partnership). Segue-se o tema “Business & Biodiversity: A Actividade Económica Vitivinícola e a Protecção da Biodiversidade e da Paisagem Vitícola Duriense” por José Maria Soares Franco (Duorum Vinhos) e Nuno Vilela (Sinergiae) e “A Importância das Castas Autóctones”, tema que contará com a intervenção de António Graça (Sogrape). Depois de uma pausa para café, os trabalhos recomeçam com o tema “A Biodiversidade e o Vinho do Douro”, apresentado por Rui Soares (Real Companhia Velha); “Evolução das Operações Culturais Vitivinícolas no Douro: da Modernidade do séc. XX para a Sustentabilidade do Séc. XXI”, a cargo de Fernando Alves (Symington Family Estates) e “Eno e Eco Turismo no Vale do Douro: Recurso em Crescimento”, por Ana Correia (Adriano Ramos Pinto). As inscrições são gratuitas, mas limitadas aos lugares disponíveis, devendo ser feitas através dos contactos 215 918 087, 215 918 083 ou ritapereira@masemba.com. M.F.

(Visited 3 times, 1 visits today)