Visitantes e residentes dão nota positiva ao “365 Algarve”

A grande maioria (84%) dos residentes e 79% dos visitantes, que assistiram a eventos do programa cultural «365 Algarve» ficaram satisfeitos com a sua experiência e pretendem recomendar a iniciativa nos seus círculos mais próximos.

Num estudo encomendado pela Região de Turismo do Algarve e desenvolvido pela Universidade do Algarve, igualmente, a maioria viu as suas expectativas serem superadas, pretende participar em outros eventos do programa e considera o “365 Algarve” uma iniciativa “inovadora, bastante diversificada e com eventos e espaços de excelência”.

A percentagem de participação nos eventos também é elevada, de acordo com a sondagem, já que 54% dos residentes assistiram, em média, a dois eventos e 76% dos visitantes a, pelo menos, uma apresentação.

As preferências recaem nos espectáculos musicais, de dança e teatro. A atractividade do programa, o gosto pelos eventos escolhidos e o gosto pela cultura foram os principais motivos que levaram tanto os residentes como os visitantes a participar. O facto de os eventos decorrerem perto dos locais de residência é um fator de relevo para os residentes enquanto para os visitantes pesou a possibilidade de usufruir de novas experiências no Algarve através de eventos diferenciadores.

De uma forma geral, diz o inquérito, os participantes solicitam maior diversificação, maior dispersão geográfica e maior divulgação antecipada dos eventos a decorrer. Horários mais ajustados é outra sugestão de melhoria deixada pelos inquiridos.

Por outro lado, os stakeholders do programa consideram que o “365 Algarve” tem sido uma óptima oportunidade para incentivar e promover a criação artística e cultural do Algarve durante a época baixa, formando novos públicos na população algarvia assim como nos turistas nacionais e internacionais que visitam a região.