Voos directos entre China e Portugal arrancam a 26 de Julho

Operados pela companhia Beijing Capital Airlines, os voos que vão ligar Hangzhou, na costa leste da China, e Lisboa, vão realizar-se três vezes por semana e têm paragem em Pequim.

A nova rota, operada pela Beijing Capital Airlines, subsidiária do grupo chinês HNA que é um dos accionistas da TAP, vai ser operada às quartas, sextas e domingos, em avião Airbus A330-200, com capacidade para 475 passageiros. De acordo com a Agência Lusa, a companhia chinesa pretende iniciar uma quarta frequência, mas esta não foi ainda aprovada pelo Ministério da Aviação chinês.

A abertura da nova rota acontece num momento em que as autoridades e empresas turísticas portuguesas estão a tentar captar mais turistas chineses para o nosso país, dada a importância deste mercado. Nos últimos três anos o número de chineses em visita a Portugal triplicou, atingindo os 183 mil, devendo o novo voo catapultar a procura.

Recorde-se que, segundo a Organização Mundial do Turismo foram mais de 135 milhões os chineses que o ano passado viajaram para fora do seu país, + 12,5% que no ano anterior. Por outro lado, também segundo a OMT, os turistas chineses continuam a ser os que mais gastam em viagens ao exterior, tendo despendido cerca de 246 mil milhões de euros em 2016.