Wi-fi vai ser gratuito no centro histórico de Portalegre

O centro histórico de Portalegre vai passar a disponibilizar o acesso gratuito de wi-fi, num projecto a implementar pela Câmara Municipal que vai custar mais de 77 mil euros, e que conta com a comparticipação a fundo perdido do Turismo de Portugal.

Este serviço estará disponível para a todos aqueles que visitem o núcleo histórico da cidade e os locais públicos de maior afluência turística, de acordo com nota do município, citado pela imprensa local, que acrescenta que ao longo dos anos a Câmara Portalegre tem vindo a sedimentar a sua estratégia de desenvolvimento turístico, com particular enfoque para a valorização e qualificação do património material e imaterial, móvel e imóvel, e da implementação de projectos que estimulem, por um lado o sentido de “bem-estar” e felicidade da descoberta e por outro lado induzam a vontade de regressar ao concelho.

São 16 os pontos de acesso que irão ser contemplados ao longo do Centro Histórico da cidade: dois na Câmara Municipal de Portalegre, três no Mercado Municipal, três na Praça da República, três no Largo da Sé, um no Largo do “Café Vitória”, um no Largo Frederico Laranjo, um no Largo António José Lourinho e dois no Castelo.

A criação de redes Wi-Fi de elevada disponibilidade “vai ao encontro das necessidades do nosso quotidiano e melhorará, inquestionavelmente, a experiência dos turistas, e simultaneamente, quando associada a serviços dedicados, poderá constituir-se numa ferramenta fundamental de gestão e monitorização dos fluxos turísticos”, refere a nota.