WTM: negociador do Brexit afirma que a Europa precisa de mais integração

No decorrer do primeiro dia da World Travel Market 2017, em Londres, Guy Verhofstadt, o negociador do Brexit no Parlamento Europeu, dirigiu-se aos líderes da indústria do turismo atestando que a partida do Reino Unido da UE deveria dar aso a uma implementação mais profunda de políticas comuns entre as restantes 27 nações.

Verhofstadt demonstrou a sua visão de uns “Estados Unidos da Europa” durante o WTM London Leaders’ Lunch, afirmando também que está a investigar a possibilidade dos cidadãos do Reino Unido se poderem candidatar à cidadania UE após o Brexit, de modo a que possam beneficiar dos direitos que neste momento usufruem.

“Queremos o movimento livre de pessoas. O mercado único representa movimento livre de pessoas, bens, serviços e capital, mas não podemos escolher um ou outro – têm de ser todos”, atestou o antigo Primeiro-Ministro belga. Segundo o mesmo, o Parlamento Europeu concordou com Theresa May que deve existir um período de transição, para que não haja uma quebra na economia.

“Não há necessidade de destruir a União Europeia – precisa é de ser corrigida”, diz Verhofstadt, para continuar, “deve existir mais comércio e mais integração e precisamos de corrigir o processo de tomadas de decisão”. “Necessitamos de fazer com que este divórcio funcione e criar certeza para todas as indústrias”, conclui.