XIV Congresso Nacional da ADHP no Algarve a 15 e 16 de Março

“O Turismo – De pessoas para pessoas” é o tema a que se vai subordinar o XIV Congresso Nacional da Associação dos Directores de Hotéis de Portugal. O evento, que vai ter lugar a 15 e 16 de Março no NAU Salgados Palace, no Algarve, vai centrar-se na qualificação da profissão do director hoteleiro.

Durante os trabalhos do congresso, que foi apresentado esta quarta-feira em Lisboa, a ADHP propõe-se debater aqueles que considera serem os temas mais pertinentes para a operação hoteleira, bem como questões relacionadas com a gestão de recursos humanos no sector.

Na apresentação do congresso, Raúl Ribeiro de Almeida, presidente da ADHP, justificou a temática escolhida para o congresso, com a importância que os recursos humanos têm para o turismo e a hotelaria, chamando a atenção que “as pessoas começam a fazer falta em número, começam a fazer falta em conhecimento mas também em reconhecimento” das suas actividades, às quais se deve, em grande medida, o sucesso da hotelaria e do turismo em Portugal.

A aposta numa formação mais qualificada como elemento diferenciador foi uma das ideias deixadas por Ribeiro de Almeida, que sublinhou que os hotéis devem apostar na contratação dos “alunos que têm formação adequada para os vários cargos que existem”.

“É fundamental para nós que o congresso da Associação seja um congresso mais técnico e menos político” e que “os temas discutidos ajudem os directores de hotel a trabalhar diariamente nas suas unidades” afirmou o presidente da ADHP, recordando também que no primeiro dia do evento serão entregues os Prémios Excelência na Hotelaria que “trarão novidades que a seu tempo serão divulgadas”.

Presente na apresentação do XIV Congresso da ADHP, o presidente da Região de Turismo do Algarve, Desidério Silva sublinhou o crescimento turístico do Algarve nos últimos cinco anos e falou também da sustentabilidade de um destino que começa melhorar as taxas de ocupação nas épocas média e baixa, fruto de uma aposta que tem sido feita em novos produtos turísticos.

A propósito afirmou que “o Algarve atingiu, em 2017, um patamar que nos responsabiliza a todos e temos que fazer um esforço cada vez maior não só para ir buscar mais turistas mas, principalmente, para fidelizar os que já temos”, tendo em conta que alguns destinos concorrentes estão a ressurgir.

Para Desidério Silva, o êxito do turismo da região será tanto maior quanto maior for “a capacidade de termos pessoas competentes, formadas e qualificadas, para que o serviço seja cada vez de melhor qualidade” porque “só podemos ser competitivos pela qualidade e não pelo preço”.

De referir que, pela primeira vez, o Congresso da ADHP vai ter um logótipo. Desenvolvido pela Message in a Bottle, o logo é inspirado nas chaminés algarvias.