Opinião: E agora, Agências e Agentes de Viagens?, por Nuno Tomaz*

Neste artigo, Nuno Tomaz, director comercial da GEA, fala dos problemas que a pandemia trouxe aos agentes de viagens que tiveram que repatriar clientes que tinham um pouco por todo o mundo, e afirma que esse é um crédito que para sempre assistirá às agências de viagens, que devem usá-lo como um “grito bem alto” de afirmação de um sub-sector que está “para durar”.

Mercado interno continua a ser preponderante nos cancelamentos de reservas de alojamento

Perto de 75% das 5.000 respostas válidas ao questionário específico realizado pelo INE aos estabelecimentos de alojamento turístico sobre o impacto da pandemia indicam que esta provocou cancelamentos de reservas para os meses de Março a Agosto. O número de cancelamentos foi maior na Madeira e o mercado interno foi o que mais cancelamentos originou.