18M€ para financiar empresas turísticas que “façam a diferença”

As empresas que “façam a diferença” no Turismo vão ter à sua disposição uma ‘call’ (candidatura) de 18 milhões de euros através da sociedade pública de capital de risco Portugal Ventures, anunciou esta segunda-feira, em Lisboa, o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

De acordo com o governante, que falava na cerimónia, no Ministério da Economia, no âmbito da apresentação pública do NEST – Centro de Inovação do Turismo, citado pela Lusa, referiu que o Portugal Ventures vai disponibilizar financiamentos a empresas turísticas que podem ir desde 300 mil euros a um milhão e meio para “reforçar, crescer e acelerar projectos que façam a diferença em Portugal”,

Na ocasião, o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, também citado pela Lusa, realçou que o NEST irá promover a “inovação e a tecnologia, apoiar o desenvolvimento de novas ideias de negócio e a formação para capacitar as empresas e as pessoas nesta transição digital”, para acrescentar que este Centro de Inovação do Turismo vai “trabalhar com todas as incubadoras, aceleradoras, empresas e universidades para lançamento e experimentação de novos produtos e testar novas ideias no sector”, até porque, assegurou, “Portugal é o laboratório perfeito”.

A lista de fundadores do novo centro, que tem por missão promover a inovação na cadeia de valor do Turismo, apoiando o desenvolvimento de novas ideias de negócio, integra a Amadeus Portugal, a ANA – Aeroportos de Portugal, o Banco BPI, a Brisa, o Google, a Microsoft, o Millennium BCP, a NOS Comunicações, além do Turismo de Portugal.
A cerimónia serviu também para entregar medalhas de mérito turístico, marcando, assim, o início das comemorações do Dia Mundial do Turismo, que se assinala em 27 de Setembro.