2015 foi “extremamente positivo” para o turismo do Porto e Norte

Fruto do trabalho da Associação de Turismo do Porto, a região manteve em 2015 a tendência de crescimento junto dos mercados externos, ultrapassando mais de 3 milhões de dormidas de estrangeiros. Para 2016 a ATP conta com cerca de 4,7 milhões de euros “para dar continuidade a este percurso de sucesso”.

“Um ano extremamente positivo para o turismo e para a promoção internacional do Porto e Norte de Portugal enquanto destino turístico” é como a ATP classifica o ano que terminou. A atestar a afirmação estão os dados do INE indicando que até Novembro a região cresceu 16,7% em dormidas de estrangeiros, as quais ultrapassaram os três milhões.

Rui Moreira, presidente da Associação de Turismo do Porto, considera que “estes números materializam e são fruto do esforço que a ATP tem vindo a fazer, em conjunto com os seus associados, no sentido de trabalhar, de forma contínua, para o incremento turístico do Porto e Norte, procurando, de uma forma sustentada, qualificar o turismo, aumentar a procura, alcançar notoriedade e o reconhecimento internacionais, vectores de que presentemente já beneficiamos”.

Acções de promoção do destino, captação de novas rotas e ligações aéreas, press e fam tours com jornalistas e operadores turísticos estrangeiros, e o lançamento de uma nova campanha publicitária digital, foram algumas das acções promovidas pela ATP, a maior parte em parceria com outras entidades, ao longo de 2015 e que contribuíram para os resultados.

Para dar continuidade a este percurso de sucesso, a ATP tem já definido um plano de actividades para 2016 que conta com um orçamento próximo dos 4,7 milhões de euros, valor que corresponde a um incremento de cerca de 2,7 milhões de Euros em dois anos. Na opinião de Rui Moreira este orçamento “irá permitir ao Porto e Norte continuar a trilhar o seu caminho de sucesso e fortalecer, de forma sólida, consistente e sustentável, o posicionamento deste destino.”