Em 2015: Turismo levou PIB algarvio a crescer acima da média

Dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística dão conta que, o ano passado, o Algarve foi a região do país com crescimento mais forte ao nível do PIB e que este foi “impulsionado pelo sector do turismo”.

De acordo com os resultados preliminares de 2015, o PIB nacional terá registado o ano passado um acréscimo de 3,7% em termos nominais, a que terá correspondido um aumento real de 1,6%. Em termos regionais, o Algarve foi a região em que estes indicadores mais cresceram, ultrapassando a média nacional. Assim, e em termos nominais, o PIB algarvio apresentou um aumento de 4,7%, e em termos reais de 2,7% com o INE a avançar que este crescimento se ficou a dever à boa performance da actividade turística na região.

Também acima da média nacional, ficaram as regiões do Norte (+4,2% em termos nominais e 1,9% de crescimento real) e do Centro (+4,1% e +1,9% em cada um dos indicadores). A Área Metropolitana de Lisboa (+3,4%) e o Alentejo (+3,2%) apresentaram crescimentos nominais mais próximos do crescimento registado no país, enquanto as Regiões Autónomas apresentaram crescimentos nominais inferiores ao do país, em particular a Região Autónoma da Madeira (0,8%).

No que se refere aos dados já finais de 2014, o INE adianta que o PIB nacional registou um acréscimo nominal de 1,7% e real de 0,9%, com variações positivas em todas as regiões. Mais uma vez o Algarve esteve em destaque, com um crescimento de 4,3%, seguido das regiões do Norte (2,8%) e da Madeira (2,3%). O Alentejo apresentou um crescimento nominal ligeiramente superior ao país (1,9%), e a região do Centro e os Açores, apresentaram acréscimos nominais marginalmente inferiores ao PIB nacional, respectivamente, 1,4% e 1,2%. A Área Metropolitana de Lisboa destacou-se por apresentar o crescimento nominal menos expressivo, avança o INE.