30º Aniversário Turisver: “Ler estes 30 anos da Turisver é ler a história do turismo”, disse a secretária de Estado do Turismo

Na cerimónia comemorativa dos 30 anos da Turisver, que ontem teve lugar no Hotel Palácio do Governador, em Belém, com a presença de duas centenas de personalidades do Turismo, Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo, elogiou a capacidade de, ao longo de três décadas, a Turisver ter conseguido “ser os olhos, a voz, os ouvidos deste sector que é um sector que muitas vezes os media ignoram”.

Ana Mendes Godinho enalteceu, nas pessoas da administradora da Turisver, Gracinda Alves, e do director, José Luís Elias, a capacidade de terem percebido “há 30 anos, que era preciso ter um canal de comunicação que transmitisse conhecimento mas também transmitisse informação”, afirmando que esta “é uma tarefa de que só podem estar de parabéns”. O fruto do trabalho efectuado, disse, estava patente na plateia de convidados presentes: “Não falta aqui ninguém das pessoas que fazem do turismo a actividade que é hoje em Portugal”, afirmou.

A secretária de Estado referiu-se também ao acompanhamento que a Turisver vem fazendo desde há três décadas, da evolução da realidade dos vários sectores que integram o Turismo, dos pequenos hotéis aos grandes grupos hoteleiros, das Escolas à aviação e às agências de viagens até à nova realidade do sector.

“Ler estes 30 anos da Turisver é ler a história do turismo”, afirmou, deixando um repto: “é muito fácil fazer a história do turismo olhando para a Turisver, é coleccionar o conjunto de informações e de notícias que, com verticalidade e isenção, foram garantindo” de tal forma que “hoje é fácil reconstruir quase semanalmente aquilo que ia acontecendo em Portugal nos últimos 30 anos”.

A terminar, Ana Mendes Godinho considerou que “a Turisver será sempre, para os que estão nesta sala, um “compagnon de route”, do passado mas também do futuro”.

*Leia a reportagem na próxima edição da Turisver