350 mil euros para dinamizar Enoturismo no Alentejo e Ribatejo

A Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo investiu cerca de 350 mil euros no projecto “Organização, Estruturação e Promoção Empresarial do Enoturismo no Alentejo e Ribatejo”. O objectivo é promover e qualificar o enoturismo, contribuindo para o desenvolvimento da região.

Numa parceria entre as entidades do Turismo e do Vinho do Alentejo e do Ribatejo, o projecto abrangeu 100 agentes de enoturismo, entre o Alentejo e a sub-região da Lezíria do Tejo. Esta foi a primeira vez que estes agentes se uniram numa acção colectiva concertada tendo em vista a definição de uma estratégia integrada da actividade na região e a implementação de acções de capacitação empresarial junto dos gestores de enoturismo.

A iniciativa contou com o apoio financeiro da União Europeia e levou à criação de um cluster do sector na região, com base numa avaliação do tecido empresarial e análise das potencialidades existentes.

O projecto levou ainda ao desenvolvimento de um conjunto de materiais promocionais que posicionam a região do Alentejo e Ribatejo como um dos melhores destinos de enoturismo, Entre estes materiais contam-se dois guias de enoturismo, um dedicado ao Alentejo, e o outro à região do Tejo.

Os guias contam com descrições pormenorizadas de cada produtor, informação relativa às castas e também referências históricas sobre a família e o património do produtor, para além de informação geral sobre a oferta enoturística da região.

“Este projecto tem uma enorme relevância para a região. Acreditamos que a qualificação na prestação de serviços e a capacitação empresarial dos produtores terão um importante efeito económico multiplicador no Alentejo e Ribatejo durante vários anos”., disse António Ceia da Silva, presidente da ERT Alentejo e Ribatejo.