Accionistas da Transat aprovam o acordo com a Air Canada

Os accionistas da Transat, empresa que detém a Air Transat, aprovaram, numa reunião a 23 de Agosto, o acordo com a Air Canada, que dita que esta última comprará todas as acções emitidas e em circulação da Transat, por 18 dólares por acção.

O acordo, que dita a combinação das companhias aéreas, foi aprovado com mais de 94% dos votos de accionista da Transat A.T. Inc. Permanece, contudo, sujeito a determinadas condições de conclusão, incluindo a aprovação do Tribunal Superior de Quebéc, bem como de certas aprovações regulamentares. Se tais aprovações forem obtidas e as condições atendidas, a transacção deverá ser concluída no início de 2020.

“Estamos muito entusiasmados com o apoio dos accionistas neste acordo que criará um líder de viagens com base em Montreal, capaz de competir à escala global”, afirma Jean-Marc Eustache, presidente e CEO da Transat, que continua: “Esta transacção transformativa vai permitir criar benefícios a longo prazo para os nossos trabalhadores, viajantes e comunidades, fornecendo ao mesmo tempo valor acrescentado para os nossos accionistas”.