ACISO diz que projecto “Fátima 2017” reforçou notoriedade da marca

A ACISO – Associação Empresarial Ourém – Fátima apresentou esta segunda-feira, na Escola de Hotelaria de Fátima, as acções desenvolvidas no âmbito do projecto “Fátima 2017: acções para consolidar uma marca”, com o presidente desta entidade, Domingos Neves, a sublinhar o “trabalho desenvolvido” que contribuiu para o reforço da notoriedade da marca Fátima no mundo.

Esta iniciativa nasce de uma candidatura da ACISO a fundos comunitários, tendo como objectivo principal promover Fátima enquanto destino e reforçar a marca Portugal, trazendo um maior desenvolvimento para a região.

Para Domingos Neves o trabalho desenvolvido desde 2016, ano em que o projecto foi apresentado, tem vindo a contribuir para o reforço da marca Fátima, acrescentando ser “um reflexo desse empenho os resultados obtidos nas últimas três edições dos Workshops Internacionais de Turismo Religioso, quer ao nível de participantes (HostedBuyers, Suppliers e expositores) quer ao nível de reuniões realizadas, que esta última edição ultrapassou as 5.000”.

Recorde-se que o projecto “Fátima 2017: Acções para consolidar uma marca” foi apresentado em Dezembro de 2016, contendo um conjunto de acções a desenvolver ao longo do ano de 2017, aquando das celebrações do Centenário das Aparições de Fátima e a vinda do Papa Francisco, à Cova da Iria, nos dias 12 e 13 de Maio, continuando em 2018 e 2019.

Os protocolos assinados envolveram como entidades parceiras o Turismo de Portugal e a Câmara Municipal de Ourém, e foi assinado um Acordo de Intenções com a Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal.