Açores avançam com novo Centro de Interpretação

A secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo, adiantou que o Governo dos Açores está a desenvolver o projecto de construção de um Centro de Interpretação e Apoio à Visitação do Monumento Natural do Algar do Carvão, num investimento de cerca 1,2 milhões de euros.

O novo centro dedicado ao monumento natural, localizado na Ilha Terceira, é um projecto do Governo dos Açores, através da Direcção Regional do Ambiente, em parceria com a associação Os Montanheiros. O investimento previsto de cerca de 1,2 milhões de euros conta com uma dotação de um milhão de euros na proposta de Plano de Investimento para 2020.

No primeiro dia da visita do Governo Regional à Ilha Terceira, esta quarta-feira, Marta Guerreiro afirmava que prevê que “os estudos de arquitectura e engenharia sejam concluídos em breve, de forma a que o projecto seja apresentado no âmbito das comemorações do 56º aniversário da associação, a 30 de Novembro”.

O projecto contempla uma área coberta de cerca de 900m². Será “um espaço de apoio aos visitantes mais amplo, integrando também um circuito expositivo, um pequeno auditório e áreas de recepção, bar, loja e instalações sanitárias, bem como no aumento da área de estacionamento e na requalificação do espaço exterior”.

“Durante a última década, este monumento natural recebeu cerca de 340 mil visitantes”, revelou Marta Guerreiro. O Algar do Carvão foi inicialmente classificado como Reserva Natural Geológica, tendo sido reclassificado como Monumento Natural, integrado no Parque Natural da Ilha Terceira, em 2011. Em 2018 foi a cavidade vulcânica mais visitada na região, tendo recebido 62.186 pessoas.