Açores lançam guia de parapente

A Turismo dos Açores/ATA acaba de apresentar o Guia de Parapente dos Açores, que constitui-se como uma ajuda aos que apreciam o desfrutar do melhor da natureza através da contemplação lá do alto.

Ao sugerir os melhores spots de voo, de Santa Maria ao Corvo, este guia tem informação técnica e genérica sobre o que se poderá observar dos céus, bem como sobre os serviços complementares e de apoio existentes nas imediações. Da autoria de Paulo Luís Rego Farias, esta primeira edição indica 32 spots de voo, distribuídos pelas nove ilhas, todos propondo algo de diferente ao praticante.

Os Açores têm vindo a consolidar-se como um destino singular, com variadíssimos spots bem como boas zonas de descolagem e aterragem. Aqui é possível voar durante todo o ano, embora os meses de Verão afirmem-se como os melhores, possibilitando desde voos técnicos em cross country passando pelas crateras vulcânicas das Furnas, Lagoa do Fogo ou Sete Cidades, as praias e falésias costeiras. O local das “Sete Cidades” na ilha se São Miguel foi considerado por um júri europeu como um dos 60 mais belos locais da Europa para o voo livre.