Açores suspendem transporte marítimo inter-ilhas

O anúncio foi feito esta quarta-feira pela secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores que admitiu uma potencial reabertura do espaço aéreo “se houver condições” sanitárias.

A secretária regional Ana Cunha revelou que “o Governo dos Açores entende que não estão reunidas condições para que o transporte marítimo de passageiros e viaturas inter-ilhas se realize”. A operação inter-ilhas a cargo da Atlânticoline será, então, “retomada em 2021”. A empresa continua, contudo, a assegurar as ligações e a capacidade de transporte de carga e passageiros, desde que classificados como casos de força maior, cumprindo assim a missão de serviço público.

Tinha já sido anteriormente anunciada a suspensão das ligações aéreas inter-ilhas pela SATA Air Açores, bem como as ligações aéreas da Azores Airlines para o exterior da região, a 18 de Março. Hoje, a secretaria regional admite a reabertura parcial do espaço aéreo em algumas ilhas, no caso de haver condições sanitárias face à pandemia de Covid-19.

Ana Cunha atesta que ponderando os dois valores em questão, em concreto o sanitário e económico, “não me parece que haja hesitações em eleger como prioritária a saúde pública”. Ainda assim, e considerando a dificuldade de avaliar a evolução da crise, “havendo condições para se começar a abrir o mercado em determinados sectores e em algumas ilhas, naturalmente que essa será a opção”.

Por enquanto, “o Governo dos Açores considera que é seu dever continuar a encorajar vivamente os açorianos a não viajaram para fora da sua ilha de residência, a fim de evitar ao máximo a propagação do novo Coronavírus”, sublinha Ana Cunha, para relembrar que “vivemos tempos extraordinários, que requerem, aqui e agora, medidas extraordinárias”.