Açores: Turismo quer mais formação e melhor transporte inter-ilhas

O presidente da Câmara de Comércio e Indústria dos Açores (CCIA) identifica a formação dos recursos humanos dos diferentes ramos ligados ao turismo, o reforço de ligações inter-ilhas e uma redução do custo, como os principais objectivos da região para os próximos quatro anos.

Em declarações à Lusa, Sandro Paim realçou que o turismo registou um “crescimento muito significativo no último ano e meio”, mas admitiu que esse crescimento não se vai manter e, por isso, defende que o próximo Governo Regional deve preparar o sector para a estabilização dos fluxos.

O dirigente reconheceu terem sido dados passos importantes com o novo modelo de transportes, que liberalizou as rotas das ilhas Terceira e São Miguel, atraindo voos low cost para os Açores, mas considerou que ainda existem grandes constrangimentos nas ligações dentro do arquipélago, sobretudo na época alta.

Os empresários açorianos do sector do turismo defendem também uma revisão do Plano de Ordenamento Turístico da Região Autónoma dos Açores, que privilegie incentivos ao alojamento local e rural, adaptando-se aos novos fluxos turísticos que procuram o arquipélago.