Aegean dá início a uma era neo

A companhia aérea grega revelou recentemente a sua nova imagem de marca e deu a conhecer os seus três novos Airbus A320neo, numa cerimónia em que apresentou os planos para o futuro, que englobam um investimento de 500 milhões de dólares por ano, nos próximos seis anos, para a expansão e modernização da frota.

Com o aumento da encomenda para mais 12 aviões, a companhia aérea espera receber, até 2025, um mínimo de 46 novos aviões, do tipo A320neo e A321neo, com opção de extensão de encomenda até mais outros 12 aviões, num total máximo de 58. Este é o maior investimento privado na Grécia, avaliado entre 2,5 e 3 mil milhões de dólares, a preço de mercado.

Até Julho deste ano, a Aegean vai receber um total de seis novos aviões, totalizando 65 na sua frota, adicionando 1,5 milhões de lugares. Os novos aviões permitirão a expansão da rede da companhia aérea que ascenderá aos 155 destinos em 44 países em 2020. Os novos aviões começarão a operar neste mês de Fevereiro, com o primeiro a operar o seu voo inaugural entre Atenas e Munique esta sexta-feira.

A cerimónia em que celebrou os seus 20 anos de operação na Grécia contou com a presença do Primeiro-ministro do país Kyriakos Mitsotakis, do presidente da Aegean, Eftychios Vassilakis, e do CEO da empresa, Dimitris Gerogiannis. O evento serviu, também para apresentar a sua nova imagem de marca, novas fardas e cabines, inspiradas nos céus e mares da Grécia, na arquitectura histórica e no design do património do país.

Para Dimitris Gerogiannis, “2020 representa um novo começo, com maior dinâmica, novo potencial e uma nova identidade para a Aegean”. Já Eftychios Vassilakis afirma que a companhia está “comprometida em continuar a investir a trabalhar para ganhar a confiança dos nossos passageiros, operando responsavelmente, protegendo o ambiente ao mesmo tempo que oferecemos oportunidades de crescimento aos nossos trabalhadores”.