AHETA: 2019 vai trazer aumento de preços e volume de negócios

Divulgado esta quinta-feira, o documento de balanço de 2018 e perspectivas para 2019 da AHETA – Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve, aponta para um aumento do volume de negócios na ordem dos 2%, com uma subida média de 1,5% nos preços em 2019.

Segundo o documento da AHETA, no corrente ano, a situação financeira das empresas deverá manter-se nos níveis de 2018, enquanto os resultados líquidos deverão melhorar ligeiramente.

Com cerca de 50% das unidades hoteleiras algarvias a preverem que o volume de vendas suba 2% face a 2018, e 75% dos inquiridos a preverem também um aumento de 3% nos custos operacionais, 65% prevêem igualmente uma melhoria. Em média de 2,5%, nos resultados operacionais. Quanto aos resultados líquidos 70% perspectiva uma melhoria, apontando a AHETA para uma subida de 3,4% nos resultados líquidos das unidades hoteleiras e turísticas da região.

O que a AHETA também perspectiva para este ano é uma melhoria na situação financeira das empresas, bem como um aumento de 1,5%, em média, nos preços praticados pela hotelaria algarvia. Na base desta estimativa está o facto de metade dos inquiridos ter apontado no sentido de um aumento de preços durante este ano.

No documento, a AHETA aponta o Brexit, a desvalorização da Libra e a retoma de destinos concorrentes como factores que poderão influenciar negativamente o ano de 2019. No primeiro caso, desde logo pela retracção do mercado britânico, o mais importante para a região, que vem registando resultados negativos desde 2017.

*Leia mais na próxima edição da Turisver