AHRESP apresenta proposta de Guia de Boas Práticas para a Animação Nocturna

Com o objectivo de contribuir para a rápida reabertura destes estabelecimentos, a AHRESP enviou ao Governo um Guia de Boas Práticas para o Sector da Animação Nocturna, que reúne contributos de muitos empresários desta actividade.

Enquanto representante de muitas empresas do sector de animação nocturna, nomeadamente bares e discotecas, a AHRESP entregou ao Governo um Guia de Boas Práticas para os Estabelecimentos da Animação Nocturna. O documento tem como base o Guia de Boas Práticas para a Restauração e Bebidas, desenvolvido pela AHRESP, com a validação da DGS, assim como as diversas orientações publicadas por esta entidade pública, mas contempla também questões específicas para a actividade da Animação Nocturna, a única que continua encerrada por diploma legal, situação que está a acarretar graves prejuízos às empresas.

Entre os temas que aborda, estão os seguintes: Layout e Capacidade dos Estabelecimentos; Sensibilização e Capacitação; Regras de Controlo de Entrada; Regras de Higiene Pessoal; Fardamento e Equipamentos de Protecção Individual; Recursos Materiais; Regras de Limpeza e Desinfecção; Preparação e Confecção de Alimentos (se aplicável); Serviço de Alimentação e Bebidas (se aplicável); Outros Serviços (bengaleiro, estacionamento de veículos, eventos); Modo de Pagamento; Requisitos Específicos para Pistas de Dança, e ainda, Livro de Reclamações.