Air Europa com mais 8% de lugares no longo curso em 2019

O aumento da oferta de lugares da Air Europa no longo curso tem por base a abertura de novas rotas internacionais e a incorporação progressiva de cinco novos Boeing 787-9 Dreamliner.

A Air Europa prepara-se para abrir no próximo mês de Junho três novas rotas com destino a Iguazú, Panamá e Medellín. Paralelamente, a companhia aérea do grupo Globalia vai receber cinco novos Boeing 787-9 Dreamliner três deles com capacidade para 333 passageiros e os últimos dois com 339. O acumulado das duas situações permitirá à companhia aumentar em 8,5% o número de lugares que irá colocar no longo curso durante o corrente ano.

A abertura das rotas enquadra-se no plano de expansão da companhia que começará a voar para Iguazú e Medellín no próximo dia 1 de Junho e a 3 desse mesmo mês abrirá a rota Panamá.

O início da operação para a cidade de Medellín traduz-se na aposta que a companhia fez na Colômbia, para onde já opera uma rota para Bogotá, com um avião da frota Dreamliner. A companhia espanhola vai para Medellín 3 vezes por semana, às terças, quintas e sábados, enquanto para Iguazú irá ter 2 frequências semanais, aos sábados e quintas-feiras. Já para o Panamá, a companhia vai voar 5 vezes por semana.

O aumento de 245.000 lugares nos voos de longo curso, em relação a 2018, será devido à chegada faseada de cinco novos Dreamliners 787-9, avião que lidera a segunda fase de modernização da frota da Air Europa e que que possibilita a redução de 20% no consumo de combustível e nas emissões, assim como 60% no impacto acústico.

Recorde-se que até 2022, a Air Europa vai incorporar na sua frota um total de 17 novos B787-9.