Air France quer suprimir utilização de plásticos de uso único

A Air France anunciou recentemente a sua decisão de remover 1.300 toneladas, 210 milhões de artigos em plásticos descartáveis até ao final de 2019. Estes artigos serão substituídos por alternativas sustentáveis a bordo dos voos da companhia aérea.

A iniciativa apresentada pela Air France pressupõe que 100 milhões de copos de plástico sejam substituído por copos em cartão, que 85 milhões de talheres de plástico sejam substituídos por peças fabricadas e embaladas a partir de materiais de base biológica e que 25 milhões de pauzinhos de plástico sejam substituídos por misturadores de madeira.

Desde Novembro de 2018 que a Air France tem substituído o conjunto de pratos e talheres usado na segunda refeição dos voos de longo-curso por uma sacola de “bon appétit”. Desde 2015 que a companhia aérea deixou de oferecer palhinhas a bordo, o que totaliza em menos 1,3 milhões de unidades em plástico.

A companhia aérea está empenhada em reduzir a sua pegada ambiental, para oferecer viagens responsáveis. Neste âmbito definiu três prioridades, em concreto limitar e compensar as emissões de CO2, reduzir, reciclar e recuperar os resíduos e limitar a pegada sonora das suas actividades. As acções conduzidas pelo grupo desde 2011 ajudaram a reduzir as emissões de CO2 por passageiro em 20%, atingindo em 2018 a meta estabelecida para 2020.

No Dia Mundial do Ambiente, celebrado a 5 de Junho, os clientes do voo AF378 entre Paris-Charles de Gaulle e Detroit receberam produtos feitos em materiais de base biológica em vez dos habituais produtos descartáveis distribuídos a bordo. O voo foi operado num Boeing 787-9, um avião com benefícios operacionais, como a redução do consumo de combustível de 20%. Os pilotos optimizaram a rota de voo com base nas condições meteorológicas e no peso do avião, técnicas de eco-pilotagem que atingem um consumo controlado na ordem dos 2,7 litros por passageiro em 100Km.