Airbus e China ampliam parceria na aviação civil

A China Supplies Holding Company (CAS) e a Airbus assinaram um General Terms Agreement que abrange a compra de 300 aviões por companhias chinesas, em concreto 290 aviões da família A320 e 10 da família A350 XWB.

O acordo, assinado por Guillaume Faury, presidente da Airbus Commercial Aircraft e futuro presidente executivo da Airbus, e Jia Baojun, presidente executivo da CAS, na presença do presidente chinês Xi Jinping e o presidente francês Emmanuel Macron, reflecte a forte procura de companhias aéreas chinesas em todos os sectores, incluindo doméstico, low-cost, regional e internacional de longo curso.

De acordo com as previsões mais recentes da Airbus para o período 2018-2037 as novas entregas de aviões comerciais e de mercadorias para a China serão de mais de 7.400 aviões ao longo dos próximos 20 anos. Número que representa mais de 19% da procura mundial por mais de 37.400 novos aviões durante os próximos 20 anos.

Até ao final de Janeiro deste ano, as frotas de aviões da Airbus em serviço com operadores chineses ascenderam a 1.730 aviões, dos quais 1.455 da família A320 e 17 da família A350 XWB. Guillaume Faury atesta que “estamos honrados por apoiar o crescimento da aviação civil na China”, sendo que “a nossa crescente presença na China demonstra a nossa confiança prolongada no mercado chinês e o nosso compromisso a longo prazo com a China e os nossos parceiros”.