Aldeias Históricas de Portugal recebem certificado Biosphere Destination

Pedro Siza Vieira, ministro Adjunto e da Economia, vai entregar o certificado Biosphere Destination à Rede de Aldeias Históricas de Portugal no decorrer da International Summit: Cultural Sustainable Destination without Borders, a realizar-se a 15 e 16 de Novembro.

A certificação Biosphere Destination é o comprovar do esforço da Associação Aldeias Históricas de Portugal em assegurar um conjunto de boas práticas de sustentabilidade na gestão do destino turístico, alinhadas com as orientações da UNESCO e da Carta Mundial de Turismo Sustentável de 2015.

A cimeira, a decorrer na Sé Catedral da Aldeia Histórica de Idanha-a-Velha, vai contar também com a presença da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, que participa na cerimónia de assinatura do contrato de candidatura do Turismo Acessível, por parte da Associação.

Promovida pela Associação Aldeias Históricas de Portugal, a cimeira tem como objectivo sensibilizar para a necessidade de uma política comum, direccionada para as áreas geográficas alternativas aos destinos de massas. A proposta vai também promover um debate sobre a classificação deste tipo de destinos e a sua própria denominação – Destinos Turísticos Alternativos.

A decorrer a 15 e 16 de Novembro, conta também com a presença de oradores especialistas como Peter Shackleford, assessor da OMT, Tomás Azcárate, chairman do Instituto de Turismo Responsável, Lyublena Dimova, Research Project Managar da CE para o Turismo, Alexei Borisov, secretário-geral da United Nation Association of Russia, e Luigi Cabrini, chairman do Global Sustainable Tourism Council, entre outros.

A International Summit: Cultural Sustainable Destination without Borders é financiada pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional – FEDER, através dos programas Centro 2020 – Programa Operacional Regional do Centro, via Portugal 2020, bem como do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos – PROVERE.