Alentejo e Algarve têm novo guia LGBTI

A edição de 2019 do guia Lisbon Gay Circuit já está disponível, contando com 55 parceiros e alargando, pela primeira vez, a sua presença geográfica em torno da capital, incluindo parceiros e serviços LGBTI ou gayfriendly das regiões do Alentejo e Algarve.

O guia, apresentado em inglês, é constituído por um mapa em papel e um site. Dispõe de 11 secções, em concreto Discotecas & Festas, Bares, Restaurantes, Alojamentos, Lojas, Transportes & Tours, Saunas, Serviços, Comunidade LGBTI, Praias e Agenda. Apresenta também um roteiro de praias gay friendly ou nudistas.

O mapa em papel, com uma tiragem de 30 mil exemplares, é distribuído em mais de 60 pontos em Lisboa e no sul do país. Ao longo do ano será, também, distribuído noutras cidades do país e no estrangeiro. Através de uma parceria com a brasileira Guiya Editora, o Lisbon Gay Circuit será ainda promovido nos guias Gay São Paulo, Floripa, Brasília, Salvador e Belo Horizonte.

O Inquérito aos Hábitos de Turismo e Lazer de Pessoas LGBTI Portuguesas, com 1.414 participantes, indicou Lisboa como a cidade portuguesa mais atractiva para turistas LGBTI (83,1%). Relativamente à cidade ou região com mais potencial de crescimento em termos de captação destes turistas, o Porto destaca-se com 30,9% das respostas, seguindo-se o Algarve (21%). Em 2018, Portugal recebeu mais de 12,7 milhões de turistas, estimando-se 10% a 15% destes serem turistas LGBTI.