Alentejo tem guia de enoturismo

A brochura turística apresenta descrições dos enoturismos que existem na região, menciona rótulos, destaca castas e pequenos apontamentos sobre o património e o histórico familiar dedicado ao sector da exploração vínica.

O “Guia de Enoturismo do Alentejo”, que acaba de ser lançado em Portalegre, pela Entidade Regional de Turismo, foi editada em parceria com a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, Comissão Vitivinícola Regional do Tejo e a Associação de Produtores de Vinho da Costa Alentejana, está disponível em português e inglês, e inclui simbologia que permite rapidamente ao leitor perceber se o enoturismo faz visitas à adega ou às vinhas, se possui loja, se é possível fazer provas, se o espaço tem restaurante ou outra área para degustações gastronómicas ou, até mesmo, alojamento.

Este guia apresenta ainda uma lista de outras experiências disponíveis aos visitantes, como por exemplo, workshops vínicos ou gastronómicos, provas de azeites, passeios a cavalo, visitas a eventuais monumentos nas imediações, caminhadas ou realização de eventos empresariais.

Segundo noticia a imprensa regional, este guia, que será alvo de outros lançamentos descentralizados e de que contempla também um outro dedicado aos enoturismos dos 11 municípios da Lezíria do Tejo, surge integrado num projecto que visa a estruturação e promoção do enoturismo no território.