“Aloe Vera Resort & Spa” vai nascer na ilha do Fogo

O arranque das obras deve acontecer ainda durante o ano de 2016 e prevê-se estar concluída em 2020. Trata-se de um novo empreendimento turístico que vai nascer em S. Filipe, capital da ilha caboverdiana do Fogo. Inclui um hotel de 50 quartos e 100 suites de luxo, uma “villa” de 50 apartamentos, 47 moradias, entre outras infra-estruturas de lazer.

Os donos deste empreendimento, que vão investir 70 milhões de dólares, são originários da Áustria, Alemanha, Itália e Emirados Árabes Unidos (EAU) e fazem parte de um consórcio sediado em Dubai (EAU), que integra uma grande cadeia hoteleira. Estes investidores estiveram recentemente na ilha para apresentar o «masterplan» deste complexo turístico às autoridades municipais.

Com um nível de 5 estrelas, a “Aloe Vera Resort & Spa” localizar-se-á entre a cidade de São Filipe e o porto Vale dos Cavaleiros, ocupando uma área de 150 mil metros quadrados. Terá um hotel de 50 quartos e 100 suites de luxo, uma “villa” de 50 apartamentos, várias lojas e uma área residencial que acolhe 47 moradias modernas de tipologia variada. Terá ainda um Spa – Centro de Bem-estar e Cuidados de Saúde – com uma área coberta de três mil metros quadrados.

Os investidores acreditam que o empreendimento terá grande impacto no turismo da ilha do Fogo, com destaque para o de cariz científico, cujo potencial está ligado ao vulcão activo de Chã das Caldeiras.