ANT apela ao diálogo na TAP

Reunida no passado dia 21, a Direcção da Associação Nacional do Turismo (ANT) apelou ao diálogo na TAP por forma a que possa ser encontrada uma alternativa à greve.
De acordo com a informação veiculada pela Associação, a “ameaça de greve dos pilotos da TAP” mereceu da direcção da ANT uma “particular atenção”, com a entidade a apelar ao “estabelecimento de uma plataforma de diálogo e concertação, para serem encontradas alternativas à anunciada greve, no sentido de que se evite prejuízos avultadíssimos para as empresas e empresários, bem como, para a população em geral”.
Para a Associação Nacional do Turismo, a greve dos pilotos da TAP, se vier a concretizar-se, “gerará prejuízos incalculáveis e irreversíveis no sector económico, na imagem e na confiança da Marca Portugal, e poderá despoletar uma perda de clientes para o futuro”.
Na mesma reunião foi avaliado o pedido de estatuto de utilidade pública para a ANT e apreciada a proposta de projecto de cooperação entre a AHRESP e a ANT, para desenvolvimento de um projecto de alojamento local, de âmbito nacional. Foi igualmente avaliado o contrato de promoção externa da marca Portugal, estabelecido entre o Turismo de Portugal e a Confederação do Turismo Português, a 25 de Fevereiro, bem como a proposta de um Roadshow Turismo Interno, que visa apresentar a oferta e as oportunidades de investimento aos diferentes atores do sector.
M.F.