ARAC: III Convenção Nacional marcada para Fevereiro em Lisboa

“Progresso, ambiente e mobilidade: convivência obrigatória” vai ser o tema da III Convenção Nacional que está já a ser preparada pela ARAC e que, à semelhança deste ano, irá decorrer no mês de Fevereiro em Lisboa. A convenção não tem ainda data fechada mas Joaquim Robalo de Almeida, secretário-geral da ARAC, avançou ao Turisver.com que será “no dia 15 ou no dia 22”.

Em entrevista que publicaremos na próxima edição da revista Turisver, o secretário-geral da ARAC adiantou ainda que, à imagem do que aconteceu este ano, a III Convenção “irá ocupar uma manhã e uma parte da tarde” e contará com um painel alargado sobre “Turismo e Mobilidade no século XXI” em que a organização pretende juntar representantes das entidades oficiais, de companhias aéreas de bandeira e companhias low cost, bem como representantes de plataformas.

Outro dos painéis versará o tema da mobilidade e contará com a presença de dois especialistas internacionais nesta área para falarem dos meios existentes e do futuro. A problemática dos motores (eléctrico, diesel, gasolina, pilha de combustível) irá também estar em debate num outro painel que irá contar com a presença de especialistas em mobilidade eléctrica e motores térmicos. Também em cima da mesa irá estar a problemática do novo sistema de transportes.

Robalo de Almeida sublinhou a propósito que “vão ser temas diferentes daqueles que foram tratados nas duas convenções anteriores porque não queremos correr o risco que esta convenção seja mais do mesmo” uma vez que este é um momento alto da associação. “Na primeira convenção tivemos 230 participantes, na segunda tivemos 330 e queremos continuar a ter cada vez mais participantes porque isso significa que os temas tratados são interessantes”, sublinha o secretário-geral da ARAC.

O número elevado de participantes, que se pretende maior ainda em 2019, está a gerar “algumas dificuldades na escolha do local” para a realização do evento, porque “temos que pensar em locais de maior dimensão mas com a qualidade daqueles onde realizamos os dois primeiros eventos”.

*Leia a entrevista completa na edição de Agosto da revista Turisver