Associações europeias unem-se em pedido de apoio a uma recuperação verde da aviação

Mais de uma dúzia de associações europeias que representam o turismo e transporte aéreo uniram-se num pedido urgente aos líderes da União Europeia, enviando uma carta aberta que urge que sejam priorizadas iniciativas especificas de descarbonização na futura alocação de financiamento para a recuperação da indústria da aviação.

A carta lembra que a aviação foi um dos sectores mais fortemente impactados pela crise provocada pela pandemia de Covid-19, começando agora uma lenta recuperação do total colapso do sistema de transporte aéreo dos últimos meses. A par com a necessidade de apoios para relançar a indústria da aviação, as associações apontam a importância desta recuperação estar alinhada com os objectivos de desenvolvimento sustentável.

“Assegurar o desenvolvimento acelerado de soluções de descarbonização já existentes e investimento adequado para implementar novas tecnologias é chave – investimentos que devem estar no cerne da estratégia da UE para a recuperação do Covid-19. Enquanto isso, os instrumentos financeiros disponíveis, como empréstimos, devem tornar-se disponíveis para fornecer o alívio necessário”, explicam as associações em comunicado.

O sector da aviação está comprometido em garantir uma recuperação para as economias europeias em linhas com o objectivos do Pacto Verde. Pede, assim, que se incluam medidas inteligentes para apoiar a aviação civil durante o período de recuperação. “Isso exige a garantia de que a acção climática da aviação esteja elegível para financiamento de acordo com os mecanismos previstos pelo Next Generation EU e o próximo Quadro Financeiro Plurianual”.

As associações consideram ser necessário um conjunto de investimentos públicos de privados para permitir ao sector uma aceleração do processo de descarbonização, em linha com o objectivo da União de neutralidade climática até 2050. Para tal é necessário o aumento da produção e adopção de combustíveis sustentáveis (SAFs) na Europa, através de um conjunto dedicado e estável de medidas políticas e planos de investimento público.

As associações pedem, também, a implementação de um esquema de incentivo verde para a substituição de aviões antigos por aparelhos mais modernos e amigos do ambiente, o aumento das taxas de financiamento e cofinanciamento público para pesquisa e inovação na aviação civil (Clean Aviation e SESAR), o investimento continuado no sistema ATM – European Air Traffic Management, e o investimento em infra-estruturas aeroportuárias sustentáveis.

A carta aberta endereçada aos ministros da União Europeia e comissários da Comissão Europeia vai assinada pelos mais altos responsáveis da ETC – European Travel Comission, A4E – Airlines for Europe, IATA – Associação Internacional do Transporte Aéreo, ACI – Airports Council Internacional Europe, ASD – Aerospace & Defence Industries Association, AIRE – Airlines International Representation in Europe, ERA – European Regions Airlines Associations, CANSO – Civil Air Navigation Service Providers Organization, EHA – European Helicopter Association, CEEMET – European Tech & Industry Employers, EEA – European Express Association, GAMA – General Aviation Manufacturers Association, e IAOPA Europe – International Aircraft Owner and Pilots Association – Europe.