Até Abril mercado britânico cresce quase 170% para países da U.E.

O fortalecimento da Libra face ao Euro, segundo um estudo efectuado por uma empresa especializada em moeda estrangeira (Fexco), estará na base do exponencial aumento de reservas dos turistas britânicos para os países da Zona Euro. Sublinhe-se que em Portugal, no primeiro trimestre deste ano, o mercado britânico teve comportamento positivo, tanto em dormidas como em receitas.

Em Portugal, as receitas turísticas deixadas pelo mercado britânico aumentaram acima dos 10% no primeiro trimestre do ano, com o número de dormidas a crescer 2,4%, mas contabilizando o primeiro quadrimestre, segundo avança uma notícia publicada no site da ABTA (Associação das Agências de Viagens Britânicas), as reservas dos britânicos para os países da zona Euro registaram um aumento de 167% em termos homólogos. Para os Estados Unidos, as reservas subiram 67% no mesmo período.

A notícia veiculada pela ABTA e que tem por base um estado da Fexco Corporate Payments, avança que apenas no que toca ao primeiro mês do ano, os turistas britânicos gastaram no estrangeiro aproximadamente 3.300 milhões de euros (2.900 milhões de Libras) o que reflecte um aumento de 6%, em termos homólogos.