B&B Hotels anuncia novos hotéis em Viana do Castelo e Montijo

O grupo da B&B Hotels quer construir um hotel com 80 quartos na área urbana de Viana do Castelo, representando um investimento de cerca de cinco milhões de euros e, até final de 2020, uma nova unidade em pleno coração do Montijo, que vai custar um milhão de euros.

O projecto do novo hotel em Viana do Castelo foi confirmado à Lusa pelo presidente da Câmara, José Maria Costa que afirmou que a autarquia está a “aguardar a entrada do projecto para licenciamento”.

Segundo José Maria Costa, a nova unidade hoteleira ficará “instalada na malha urbana da cidade”, sem especificar o local. O autarca sublinhou que “em menos de um mês é o segundo grupo internacional a anunciar a construção de unidades hoteleiras em Viana do Castelo”.

Em Dezembro, José Maria Costa avançou com o investimento de 11 milhões de euros do grupo Meliá Hotels International na construção de um hotel com 140 quartos, no Parque da Cidade, adiantando, na ocasião que “a nova unidade hoteleira, de quatro estrelas, entrará em funcionamento no último semestre de 2021 e será dotada de centro de congressos, piscina, entre outras valências”.

Segundo o autarca, o novo hotel Meliá irá criar “cerca de uma centena de postos de trabalho, atendendo a que terá entre 130 a 142 quartos e vários serviços qualificados para um conjunto vasto de actividades”.

Entretanto, a confirmação do novo projecto hoteleiro para o Montijo foi confirmado pelo presidente da Câmara, Nuno Canta, ao jornal online “O Setubalense – Diário da Região.

“O equipamento da B&B Hotels terá três pisos e será uma unidade de três estrelas, disse o autarca, adiantando que este investimento “já pode ser considerado como um primeiro efeito da vinda do novo aeroporto para a Base Aérea n.º 6 do Montijo”.

A localização é privilegiada, de frente para o Parque Municipal Carlos Hidalgo Gomes de Loureiro, numa zona onde já existe também uma outra unidade hoteleira

É um dos sítios nobres da cidade, que se adapta à capacidade hoteleira, a qual irá assim aumentar a disponibilidade do número de dormidas existentes em termos turísticos”, apontou, salientando que o investimento permitirá também “reabilitar o edifício e aproveitar a capacidade construtiva”.

Mas, este não deverá ser o único projecto do género a vir a nascer no Montijo e até existe uma outra localização preferida na autarquia. “Em termos de hotelaria, a Câmara Municipal preconiza investimentos para a frente ribeirinha”.

O presidente executivo da B&B Hotels em Portugal e Espanha, Jairo González, disse à Lusa que a marca tem “vários projectos em marcha” em Portugal, que deverão abrir no prazo máximo de dois anos, em distritos como Lisboa, Porto, Viseu, Vila Nova de Gaia e Viana do Castelo.