Bom Jesus do Monte vai ter “portagem”

A confraria do Bom Jesus do Monte anuncia que, a partir de dia 15 de Setembro, vai cobrar uma taxa de entrada a veículos a motor no santuário, em Braga. A tarifa, que já era cobrada a autocarros turísticos, será então alargada a viaturas particulares.

A confraria, entidade responsável pela gestão do Santuário do Bom Jesus do Monte, comunica que automóveis e motos ficarão sujeitos ao pagamento de 1€ pelo acesso à zona envolvente ao património. A entidade explica que é preciso “ordenar e limitar o acesso de veículos a motor”, que durante a época alta “tem provocado conflitos e incidentes, prejudicando o bem-estar dos visitantes”.

A cobrança da taxa será feita na entrada principal e na entrada pelo lado do hotel Mãe d’Água, onde serão colocadas máquinas de pagamento. O acesso será, contudo, gratuito nos 15 minutos que antecedem o início de cada missa, e os clientes dos Hotéis do Bom Jesus e do Restaurante Panorâmico terão direito à restituição do euro pago à entrada.

A Câmara de Braga já comunicou o seu descontentamento com a medida, discordando da introdução da taxa, considerando que o pagamento de uma “portagem” será prejudicial para o turismo.