Castro Marim formaliza Estação Náutica do Baixo Guadiana

A Câmara Municipal de Castro Marim assinou um protocolo de parceria, formalização e constituição da Estação Náutica do Baixo Guadiana, uma iniciativa da Estação Naval do Guadiana que vem promover a diversificação da oferta deste destino.

A Estação Náutica une o território de quatro municípios portugueses do Guadiana, em concreto Vila Real de Santo António, Castro Marim, Alcoutim e Mértola, e o Ayuntamiento de Ayamonte. No protocolo de parceria estão integradas mais de 30 entidades públicas e privadas, como administrações locais, entidades regionais e locais de turismo, clubes náuticos, marinas e portos de recreio, operadores marítimo-turísticos, estabelecimentos hoteleiros e de restauração.

O principal objectivo desta estação náutica é a afirmação do Baixo Guadiana enquanto destino náutico, proporcionando uma oferta turística integrada e de qualidade, que consiga fazer frente ao problema da sazonalidade, atraindo um outro tipo de visitantes. Pretende-se que, em 2022, este território se tenha consolidado com novos polos de visita e uma dinâmica capaz de contribuir para a fixação de pessoas e criação de novos postos de trabalho.

O projecto passa pela integração dos recursos existentes, que incluem o alojamento, restauração, cultura, património, desporto, na criação de novos conceitos e ofertas turísticas. Castro Marim vê na ENBG uma oportunidade estratégica na promoção da Barragem de Odeleite, bem como na potenciação das margens do rio, valorização da Reserva Natural do Sapal Castro Marim/VRSA e o alavancar de outros produtos turísticos e desportivos, incluindo aqueles ligados ao “ouro branco”.