Centro de Interpretação do Românico é inaugurado

É no próximo Dia Mundial do Turismo, 27 de Setembro, que abrirá ao público o Centro de Interpretação do Românico, promovido pela Rota do Românico e localizado em Lousada, resultado de um investimento de cerca 1.900 mil euros.

 

Em 2018, Ano Europeu do Património Cultural, o projecto supramunicipal Rota do Românico assinalou duas efemérides, em concreto o 20º aniversário da sua génese e primeiros passos institucionais, e o 10º aniversário da sua apresentação pública no Mosteiro de São Pedro de Ferreira, a 18 de Abril de 2008, Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

De modo a comemorar as efemérides e a concretizar um objectivo de longa data, a Rota do Românico inaugura agora o Centro de Interpretação do Românico – CIR, que toma lugar na Praça das Pocinhas, no centro da vila. Este é um equipamento de divulgação do património histórico-cultural da Rota do Românico que se distingue pela arquitectura contemporânea do edifício e pelas experiências interactivas que proporcionam os seus conteúdos museográficos.

O CIR engloba recepção, bar, biblioteca e uma superfície expositiva de cerca de 650m², distribuídos por um pátio central e seis salas temáticas, em concreto Território e Formação de Portugal, Sociedade Medieval, O Românico, Os Construtores, Simbolismo e Cor, e Os Monumentos ao longo do Tempos. Perfila-se, assim, como ponto de descoberta da Rota do Românico e do seu território de influência, bem como da arte e simbolismo que marcaram Portugal e a Europa durante a Idade Média.

O investimento total de cerca de um milhão e 900 mil euros foi co-financiado em 85% por fundos europeus, através do Programa Operacional Regional do Norte 2014/2020 (Norte 2020). Dinamizada pela VALSOUSA – Associação de Municípios do Vale do Sousa, a Rota do Românico reúne 58 monumentos, distribuídos por 12 municípios dos vales do Sousa, Douro e Tâmega, na região Norte de Portugal.