Congresso AHP: “Turismo pode ser considerado motor da economia nacional”

A afirmação foi proferida por Raul Martins, presidente da AHP, na abertura do 28º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo que decorre em Ponta Delgada. Raul Martins não se limitou a afirmar, justificou a afirmação com alguns números. Disse nomeadamente que a hotelaria representa 16 mil milhões de euros de investimento e proveitos na ordem dos 2,5 mil milhões, que a hotelaria emprega 60 mil pessoas de forma directa e assegura 160 mil postos de trabalho indirectos.

O presidente da AHP destacou ainda que até Setembro, a hotelaria contribuiu para a criação de mais 23% de emprego e que só por si, este sector representa uma importante fatia de 21% do total de postos de trabalho no sector turístico.

Tão ou mais importante que os dados anteriores será o facto de, segundo o WTTC, o turismo em Portugal poder criar, até 2026, mais um milhão de empregos. Raul Martins, que afirmou que “podemos voltar a bater recordes em 2017”, alertou no entanto que há que aproveitar os tempos bons para preparar o futuro.

Destacando os resultados turísticos dos Açores nos últimos dois anos, o presidente da AHP deixou uma palavra de estímulo à região que, sublinhou, foi a que “mais contribuiu para o crescimento do turismo interno”.

*Reportagem completa na próxima edição da Turisver

**Turisver.com nos Açores a convite da AHP