Cuba bate recorde do número de turistas

Quatro milhões de turistas estrangeiros visitaram Cuba em 2016, considerado já um recorde, o que corresponde a uma subida de 13% face ao ano anterior.

O aumento do número de visitantes dos Estados Unidos e da Europa é um dos principais responsáveis por essa estatística.

O Ministério cubano do Turismo indicou que este número “representa um aumento de 6% em relação ao previsto para o ano e um crescimento de 13% em comparação com 2015.

Com a reaproximação histórica aos Estados Unidos, os americanos foram durante o primeiro semestre deste ano o terceiro grupo mais numeroso por país a visitar a ilha, só superados por canadenses e cubanos radicados no exterior.
Um total de 136.913 americanos chegaram a Cuba entre Janeiro e Julho, 79,7% a mais que no primeiro semestre de 2015, de acordo com o Departamento Nacional de Estatísticas. Outros mercados emissores importantes para Cuba são a Alemanha, a França, a Itália, a Grã-Bretanha e a Espanha. Portugal entrou este ano no top 20.

As autoridades cubanas consideram que o número de visitantes dos Estados Unidos e dos cubanos que vivem naquele país pode crescer ainda mais depois que os dois países abriram em Agosto o seu céu aos voos regulares. Os cruzeiros também já haviam sido reactivados.

Com 2,8 mil milhões de dólares, o turismo é a segunda fonte de receitas de Cuba, depois da venda de serviços profissionais, especialmente médicos.