Escolas do Turismo de Portugal eliminam propinas para alunos do ensino obrigatório

As Escolas do Turismo de Portugal vão abolir, já no próximo ano lectivo 2019/2020, as propinas para os estudantes que estão a cumprir a escolaridade obrigatória. Esta é uma das principais novidades do ano lectivo que se avizinha, e cujas candidaturas estão abertas até 18 de Julho. Mas há mais…

Novidade também é a redução em 50% do custo das inscrições e matrículas, tanto para o nível IV como para o nível V, criando condições para o reforço da atractividade dos cursos e consequentemente para o reforço da captação de talento para o sector.

O Turismo de Portugal aposta ainda na diferenciação positiva das escolas situadas nos territórios de baixa densidade, nomeadamente em Lamego, Portalegre e Vila Real de Santo António, através do financiamento de 50% das propinas dos Alunos dos Cursos de nível V.

Também na prossecução de responder activamente às necessidades expressas por alunos, profissionais e empresários, as escolas do Turismo de Portugal vão reforçar a oferta formativa, abrindo mais turmas e mais vagas para admissão de novos alunos no nível IV (Nível Profissional).

O número de turmas e vagas para alunos dos cursos profissionais vai crescer cerca de 15%, procurando responder à necessidade de ter mais jovens a estudar nas áreas de Cozinha/Pastelaria, Restaurante/ Bar e Alojamento Hoteleiro. Nos cursos de nível V vai existir um novo CET – Curso de Especialização Tecnológica em Turismo da Natureza e Aventura, que virá substituir o antigo (Turismo de Ar Livre).

Além destas novidades, as Escolas do Turismo de Portugal vão reforçar a ligação ao sector empresarial regional, afirmando a sua missão de suporte à inovação no sector, à promoção da diversidade regional, da valorização dos produtos endógenos e da articulação aos produtos e serviços turísticos.

Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo sublinha que a “formação de Recursos Humanos no Turismo é fundamental e é uma prioridade do Governo. Por isso, este ano reforçámos o número de vagas nas Escolas do Turismo de Portugal e criámos novos cursos para responder à procura. Como grande novidade, vamos eliminar as propinas para os alunos que estejam a cumprir a escolaridade obrigatória e reduzir em 50% as propinas nas Escolas do Turismo no interior para os alunos do nível V”.