Espanha recebeu menos turistas britânicos e alemães em Julho

A chegada de turistas a Espanha caiu em 1,3% em Julho, recebendo, ainda assim, 9,9 milhões de turistas internacionais nesse mês. A queda foi potenciada por uma descida nos principais mercados emissores, o Reino Unido e a Alemanha.

No passado mês de Julho chegaram menos 2,2% e 3% de turistas britânicos e alemães, respectivamente, a Espanha. A descida na globalidade das chegadas de 1,3% é, contudo, menor que a verificada em 2018, de 4,5%, uma quebra menos acentuada potenciada pelo crescimento de mercados como os Estados Unidos (+19,9%).

Os dados da pesquisa Frontur – Movimentos Turísticos em Fronteira, publicados pelo INE – Instituto Nacional de Estadística, mostram que no acumular dos sete primeiros meses do ano os dados são positivos, com um crescimento de 1,9% comparativamente ao mesmo período de 2018, em que se contam 48 milhões de visitantes.

Entre Janeiro e Julho de 2019, o Reino Unido mantém-se o principal mercado emissor de turistas para Espanha, com cerca de 10,5 milhões de turistas, sendo que regista uma descida de 1,6%. Segue-se a Alemanha com quase 6,6 milhões e crescimento de 2,2%, e França com mais de 6,1 milhões de turistas (+1,2%).