Facturação da Exótico e Destinos deve ascender a 7M€

 

Em entrevista à revista Turisver, Miguel Ferreira, director-geral da Exoticoonline, avançou que no conjunto da Exótico e da marca Destinos, a facturação deverá este ano situar-se entre os 6,5 e os sete milhões de euros.

Desde Abril que Miguel Ferreira somou à gestão da Exoticoonline a da marca Destinos, líder de mercado no Algarve por via da relação com o grupo MTS. Em ambos os casos o caminho que está a ser trilhado é de crescimento, com Miguel Ferreira a antecipar subidas de 30% para a Destinos e entre 15 a 18% para a Exótico.

“Para este ano, a Destinos tem projectado vender em torno dos quatro milhões de Euros, o que é um crescimento da ordem dos 30%, sendo que cerca de 75% é Algarve”, disse o responsável à revista Turisver, acrescentando que “a expectativa de início do ano era que a Exótico tivesse um crescimento de 15 a 18%, vamos ver se conseguimos manter os objectivos até ao final do ano”. Ou seja, “no total esperamos facturar entre os 6,5 os sete milhões, o que para a entidade fiscal Exótico significa quase triplicar a facturação do ano passado”, afirmou o executivo.

Relativamente à Exótico, Miguel Ferreira sublinhou o aumento de peso de outros destinos programados para além do Brasil, os quais neste momento “já representam mais de 30% da facturação” do operador.

*Leia mais na edição de Setembro da Revista Turisver