Funchal vai ter Conselho Municipal de Turismo

A Assembleia Municipal do Funchal aprovou por maioria, na sua última reunião uma proposta de recomendação para a criação e regulamentação do Conselho Municipal de Turismo, Comércio e Serviços, apresentada pelo CDS.

O objectivo desta nova entidade é coordenar, incentivar, promover e executar acções pertinentes ao desenvolvimento do turismo no município, e estudar e propor à administração municipal medidas de difusão e amparo ao Turismo, Comércio e Serviços, em colaboração com as entidades governativas regionais.

O preponente fundamenta que um Conselho Municipal nesta área, “de natureza consultiva, terá como principal objectivo aconselhar e orientar os gestores na definição de políticas públicas nesta área para que as melhores decisões sobre a estratégia ao nível do Turismo na cidade do Funchal sejam conscientemente tomadas”, isto porque, “o Funchal, enquanto capital e principal porta especialmente no segmento de navios cruzeiro, tem especiais responsabilidades no desenvolvimento de uma política de desenvolvimento das actividades turísticas e captação de novos segmentos de mercado”.

O CDS sustenta ainda que “o sucesso do sector passa pelo entendimento, pela concertação e pela união de forças entre Governo Regional, autarquia, associações empresariais, universidade pública e privadas, sediadas no Concelho do Funchal, e da própria sociedade civil”, sendo primordial a criação de um organismo desta natureza que “vise essencialmente o desenvolvimento das políticas públicas eficientes e democráticas na cidade do Funchal”.