Governo anuncia encerramento de aeroportos nacionais na Páscoa

Esta quinta-feira a Assembleia da República aprovou o decreto do Presidente da República que prolonga o Estado de Emergência até ao final do dia 17 de Abril. Neste esforço que pretende combater a pandemia Covid-19, o Governo decretou que os aeroportos nacionais estarão encerrados no período da Páscoa, entre 9 e 13 deste mês.

As novas medidas para a prorrogação do novo Estado de Emergência foram aprovadas em Conselho de Ministros esta quinta-feira. Entre outras medidas, António Costa anunciou que entre as 00h00 de 9 de Abril e as 24h00 de 13 de Abril estão proibidas todas as deslocações, sendo apenas permitidas dentro do concelho de residência, exceptuando aqueles que continuam a trabalhar.

Considerando o período da Páscoa particularmente sensível, o Primeiro-ministro anunciou uma medida excepcional em Portugal. Todos os aeroportos nacionais vão estar encerrados para prevenir viagens de e para Portugal. As excepções são apenas para voos de carga, voos de cariz humanitário e operações de repatriamento de portugueses. Fora este período da Páscoa, foi também decretado que à semelhança dos transportes rodoviários, o transporte aéreo terá aplicada uma lotação de apena um terço.

Outra medida de restrição anunciada foi a definição, por autoridade de saúde, dos territórios cuja origem determina uma obrigação de consulta média, para evitar contaminações de quem vai de países com especial incidência do vírus. António Costa considera que “ainda não estamos na fase em que possamos aligeirar as medidas”, falando em disciplina.