Governo dos Açores desiste de privatizar parte da Azores Airlines

O Governo dos Açores anunciou esta terça-feira, 16 de Junho, que está posta de lado a intenção de privatizar parte do capital da Azores Airlines, empresa do grupo SATA. Desta forma, o Executivo açoriano acata uma resolução aprovada pelo parlamento regional.

Segundo avança a agência Lusa, numa sessão plenária que decorreu esta terça-feira na cidade da Horta, a secretária Regional dos Transportes, Ana Cunha, respondendo a uma questão colocada pelo deputado do PPM declarou que “naturalmente que o Governo Regional vai acatar a resolução desta casa”.

O parlamento açoriano aprovou em Maio último, com os votos a favor do PS, BE, PCP e PPM, uma resolução do PPM que pedia o abandono da privatização de parte do capital social da Azores Airlines, empresa pública regional, devido à incerteza provocada pelo Covid-19.

Recorde-se que esta é a segunda vez que cai por terra a intenção de privatizar 49% do capital da Azores Airlines, ramo da SATA que opera de e para fora do arquipélago. A primeira vez que isso aconteceu foi em Novembro de 2018, quando o Governo Regional decidiu anular o concurso público (https://www.turisver.com/governo-dos-acores-anula-concurso-para-privatizacao-da-sata/). 

O grupo SATA (Azores Airlines e SATA Air Açores) fechou o ano de 2019 com prejuízos de 53 milhões de euros, valor semelhante ao registado em 2018, mas com melhorias em ambas as transportadoras aéreas.